sábado, 9 de outubro de 2010

ESTRATÉGIAS DE ENSINO-HISTÓRIA E GEOGRAFIA

Tema
Participação Social
Objetivos
1. Conscientizar os alunos da necessidade de participação em projetos sociais, contribuindo para a formação de cidadãos ativos e compromissados;
2. Envolver familiares e comunidade próxima à escola;
3. Promover ajuda a grupos carentes próximos à comunidade escolar.

Descrição
Este projeto encontra-se na área de História e Geografia deste site.
Desenvolvimento de campanhas de arrecadação de fundos e/ou alimentos, vestuário e material escolar para comunidades carentes.

Site Base
Direitos da criança
Cidadania de A a Z

Atividades - Cidadaniando
1. Levantamento de notícias e informações sobre direitos das crianças e situações de carência presenciadas no dia-a-dia dos alunos.
2. Visita à instituições que atendam crianças carentes, próximas à escola, para saber das necessidades mais prementes.
3. Cálculos e estimativas das quantidades necessárias por semana, mês ou semestre.
4. Levantamento de preços (via Internet ou pessoalmente) dos materiais necessários.
5. Elaboração de cartas e preparação de visitas ao comércio próximo à escola para solicitar doações.
6. Elaboração de cartas e cartazes explicativos, pedindo doações, para as famílias e comunidade escolar.
7. Elaboração de um cronograma de atendimento, estimando por quanto tempo a escola poderá prover os materiais necessários, de acordo com o compromisso dos doadores.
8. Troca de informações com as escolas parceiras: abordagens bem sucedidas, dicas de materiais alternativos, sugestão de campanhas etc.
9. Registro das arrecadações para informação periódica dos colaboradores.
10. Disponibilização das informações no site do Celeiro para estimular novas campanhas.

Atividades Extras - Cidadaniando
1. Visita a instituições (ONGs) que desenvolvam projetos na área social.
2. Visita a alguma empresa que tenha realizado o "Balanço Social"

Dicas para os professores - Cidadaniando
As aulas de Matemática serão fundamentais para os cálculos de quantidades e estimativas durante o projeto, além da elaboração de gráficos e tabelas com projeções de necessidades e informações sobre a campanha. Estimular o cálculo e as estimativas sobre dados concretos é fundamental para o aprendizado significativo da Matemática. As cartas e cartazes explicativos devem ser elaborados nas aulas de Língua Portuguesa e Artes, atentando para as diversas possibilidades da linguagem verbal e não verbal em campanhas que visem à informação e colaboração. Mesmo que não haja um conteúdo específico de Integração Social, vale ressaltar que discutir a realidade social e econômica do país desde cedo, faz com que os alunos formem juízos de valores e possam pautar suas ações por um engajamento social.

Sites de Apoio

Ceca
Tema
Formação territorial do Brasil
Objetivos
1. Discutir, em sala de aula, as seguintes idéias: 1. A extensão do território, as fronteiras e a localização no globo terrestre são próprias de cada país e explicadas historicamente;
2. As fronteiras brasileiras resultam de um processo histórico que começou na época colonial brasileira e se estendeu até o início do século XX;
3. Brasil é mais do que um território delimitado por fronteiras. Que elementos identificam geograficamente o Brasil?;
4. Para identificar um país é preciso examinar sua identidade social, econômica e cultural;
5. As paisagens brasileiras também compõem sua identidade.

Descrição
Este projeto encontra-se na área de História e Geografia deste site.
Demonstrar, através de uma home-page, reflexões sobre o significado de Brasil: resultado da existência de brasileiros e seu cotidiano.

Site Base
Portonet


Atividades - As Marcas Registradas do Brasil
Primeira Etapa: (cada escola separadamente)

Introdução. Navegar pelo site base e pelos sites de apoio indicados, com o objetivo de estabelecer um primeiro contato com o tema.
1. Coleta de material sobre o tema.
2. Seleção, discussão em grupos e organização do material coletado.
3. Troca de informações coletadas com outras escolas ou com outras turmas da escola.
4. Elaboração de textos e gravuras para compor a home page.
5. Discussão, em sala de aula, do material já elaborado.
6. Confecção da home page.













Tema
Cidades famosas e suas características
Objetivos
1. Reconhecer diferentes espaços geográficos e alguns de seus aspectos culturais;
2. Estimular a produção escrita através de pequenos textos informativos.

Descrição
Este projeto encontra-se na área de História e Geografia deste site.
Elaboração de um álbum virtual com imagens famosas que retratem cidades conhecidas do mundo todo

Site Base
Atlas Geográfico Mundial


Atividades - O Álbum do Mundo
Atividades

Introdução - Apresentar o tema às crianças a fim de verificar o interesse.
1. Discussão sobre viagens, cidades famosas e as imagens que se tem destes lugares (o que vem à mente quando se pensa em Paris, por exemplo?).
2. Pesquisas na rede, em revistas e em cartões postais: imagens das cidades.
3. Troca de informações com a escola parceira: escolha das cidades que farão parte do álbum e formação dos grupos de cada escola.
4. Pesquisa sobre cada cidade: localização, idade, idioma, moeda, extensão, pontos turísticos, curiosidades (fazer um roteiro com os alunos, enfatizando os aspectos mais relevantes), trocando as informações com o grupo da outra escola.
5. Escolha das imagens representativas de cada cidade e elaboração do texto com as informações pesquisadas, em conjunto com o grupo da outra escola. Uma outra possibilidade é a recriação ou releitura da imagem, a partir das fotos, em softwares gráficos.
6. Montagem do álbum virtual com possibilidade de imprimir as "figurinhas".
Atividades Extras

1. Leitura das histórias da coleção "Bruxa Onilda".
2. Assistir a vídeos do tipo National Geographic.
3. Assistir a canais de TV como Mundo e Discovery Channel.

Dicas para os Professores

1. Partindo das informações e do interesse sobre as cidades, é possível trabalhar a Geografia: localização no mapa mundi, paralelos e meridianos, oceanos e continentes etc.
2. E que tal pesquisar e calcular distâncias entre os países e preços de passagens aéreas ou pacotes turísticos? Seria uma divertidíssima aula de Matemática…
3. Nas aulas de Língua Portuguesa pode-se criar prospectos de propaganda sobre as cidades, além dos textos do álbum.


Tema
Folclore e Mitologia
Objetivos
1. Desenvolver a competência de pesquisa e síntese;
2. Promover o trabalho colaborativo;
3. Promover o alargamento cultural.

Atividades - Mitos e Lendas do Brasil
Atividades

Introdução - Navegar pelo site base e pelos sites de apoio indicados, com o objetivo de estabelecer um primeiro contato com o tema.
1. Ler para a turma uma lenda do folclore brasileiro
2. Elaborar com os alunos uma lista de personagens folclóricos e lendas conhecidos
3. Promover um dia de leitura de lendas do folclore brasileiro
4. Completar a lista de personagens e lendas
5. Organizar a turma em grupos de trabalho de modo que cada grupo se encarregue de alguns mitos e algumas lendas
6. Elaborar as definições dos mitos (ex.: curupira: ser protetor das florestas, tem os pés virados para trás, cabelo cor de fogo etc.) e os resumos das lendas, fazendo uma pequena introdução (ex.: lenda da mandioca: originária dos grupos indígenas xxxx)
7. Trocar informações com as escolas parceiras para complementação das definições e resumos
8. Elaborar as ilustrações para os mitos e lendas
9. Enviar o material para o Celeiro de Projetos
Atividades Complementares

1. Dramatização de alguma lenda
2. Construção dos personagens com sucata, papier-maché ou argila
3. Aula de música com temas folclóricos
Dicas para os Professores

1. Enquanto as turmas menores podem se concentrar nas histórias que trazem os personagens mais conhecidos, como Saci, Cuca, Curupira, Boto Cor de Rosa, os maiores podem trabalhar com os mitos indígenas e as lendas regionais - O Negrinho do Pastoreio, O Caçador de Esmeraldas etc.
2. Em qualquer das séries é importante localizar de que grupo social e parte do Brasil vêm as histórias, podendo alargar este conteúdo de acordo com os interesses. O trabalho de pesquisa e resumo deve ser acompanhado de perto, de modo que os alunos se tornem, progressivamente, mais autônomos nestas tarefas. Uma boa estratégia são os exercícios de interpretação das partes mais importantes de cada conto e a elaboração de textos coletivos.
3. Pode-se também organizar quadros e tabelas de dupla entrada com as informações principais de cada história - personagens, características, local.
4. E como sugestão para a criação de textos, que tal uma história em que um personagem folclórico vem passear na cidade, na época atual? Ou, ainda, uma reunião de vários destes personagens, num campeonato de feitos fantásticos?
Descrição
Este projeto encontra-se na área de História e Geografia deste site.
Elaboração de um dicionário de mitos e lendas do folclore brasileiro.



Tema
Fotografia
Objetivos
1. Conhecer a História através de situações cotidianas registradas em fotografias, estabelecendo relações entre passado e presente;
2. Resgatar e valorizar a sabedoria do idoso.

Descrição
Este projeto encontra-se na área de História e Geografia deste site.
Coleta e contextualização de registros fotográficos de outras épocas.

Site Base
Leitura & Escrita


Atividades - As fotos contam a História
Atividades

Introdução - Apresentar o tema às crianças a fim de verificar o interesse.
1. Leitura do livro Bisa Bia, Bisa Bel, de Ana Maria Machado.
2. Discussão das questões levantadas pela autora: conflito de gerações, histórias de vida, preconceito (de idade, sexo, racial etc.).
3. Pesquisa em casa e coleta de fotos antigas: de famílias, paisagens, festas, construções, elaborando, com a ajuda dos familiares, uma legenda ou pequeno texto para cada foto.
4. Classificação das fotos por época: em grupos, de acordo com as décadas.
5. Separação dos alunos em grupos, um para cada década: cada grupo deverá elaborar um painel sobre a década, com informações obtidas a partir das fotos - vestuário, alimentação, lazer, relações sociais, paisagem urbana, comparando-a com a época atual. Nesta etapa, além de pesquisas em livros, jornais, revistas, fontes fonográficas e Internet, os grupos deverão entrevistar pessoas idosas que possam ajudá-los na coleta de dados.
6. Troca de informações com as escolas parceiras: os grupos devem complementar seus painéis com as informações obtidas pelos alunos das outras escolas.
7. Elaboração de uma linha do tempo com as fotos e informações resumidas.
8. Escolher e enviar para o Celeiro uma foto de cada década, com um pequeno texto explicativo, para a montagem de um álbum virtual.
Atividades Complementares

1. Exposição de objetos antigos.
2. Sarau com músicas de época.
3. Lanche com comidas "antigas" (nada de enlatados, embutidos e embalagens longa vida)
Dicas para os Professores

1. Aproveite as fotos para estimular a capacidade de observação dos alunos - os detalhes podem revelar informações importantes que passariam despercebidas sem um olhar cuidadoso.
2. As diferentes datas devem ser aproveitadas para exercícios de cálculo, principalmente com os alunos de 1ª a 4ª série - e é muito interessante propor desafios do tipo "sua avó poderia ter lanchado com a pessoa desta foto?" ou "seu bisavô pode ter conhecido este lugar?". A noção de tempo (séculos, anos, décadas) também deve ser explorada.
3. As fotos podem render bons temas para a produção de textos: descrever uma paisagem ou pessoa, imaginar um local ou situação no futuro, relatar o acontecimento retratado etc.
4. Os professores de Artes podem ajudar na confecção dos painéis e da linha do tempo.





Tema
Casas
Objetivos
1. Introduzir noções de espaço e proporção;
2. Estimular a criatividade.

Descrição
Este projeto encontra-se na área de História e Geografia deste site.
Trata-se de um projeto de montagem de maquetes de casas diversas.

Site Base
Portal EduKbr


Atividades - De casa em casa
Atividades
1. Dividir a turma em grupos e pedir que cada grupo imagine uma casa com detalhes, de como ela seria por fora e por dentro;
2. Dividir o grupo em dois subgrupos, de forma que uma parte fique responsável pela planta interna (baixa) e outro pela área externa da casa;
3. Pesquisar com os alunos, inclusive na Internet, formas de montar maquetes ;
4. Levantar o material necessário;
5. Produzir as maquetes e plantas baixas das casas;
6. Montar um pequeno quarteirão com as casas confeccionadas e expor as respectivas plantas em mural.
7. Expor para toda a comunidade escolar.
Atividade Extra

1. Visitar o bairro onde se localiza a escola e observar as casas existentes.
Dica para o Professor

1. Deixe primeiro que seus alunos amadureçam bem a idéia da casa que pretendem confeccionar, de forma a evitar que eles se percam no meio da produção. Peça também que, nas aulas em que estiverem trabalhando com a confecção efetivamente, limpem e organizem tudo ao terminar.





















Tema
Diversidade Cultural
Objetivos
1. Tomar conhecimento da existência do documento “Declaração Universal da Diversidade Cultural”;
2. Reconhecer e valorizar a diversidade cultural, que está intrinsecamente ligada ao respeito ao outro, com suas crenças, credos e valores. Supera-se, assim, a intolerância e a violência entre indivíduos;
3. Compreender a relação entre a diversidade cultural e os direitos humanos;
4. Identificar e analisar diferentes situações cotidianas que refletem a intolerância e o desrespeito à diversidade cultural;
5. Conhecer as diferentes manifestações culturais e suas influências na construção das identidades dos povos.

Descrição
Este projeto encontra-se na área de História e Geografia deste site.
Um projeto que trabalha as questões da diversidade cultural com o apoio do documento “Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural” relacionado aos direitos humanos. As discussões e reflexões partirão de situações cotidianas vividas pelos próprios alunos, que muitas vezes não são debatidas e analisadas no ambiente familiar e escolar. Serão analisadas as contribuições dos alunos e realizadas produções que sistematizem as discussões.

Site Base
Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural
Declaração Universal dos Direitos Humanos
Portal EduKbr (site “Mochila nas Costas”)
Portal EduKbr (site “Arte Manhas”)

Atividades
1. Fazer uma roda de conversa para saber quais as impressões que o grupo tem sobre a temática "Diversidade Cultural".
2. Passar um vídeo sobre algum documentário ou um filme que trate um pouco deste tema.
3. Pedir para trazerem recortes de jornais e revistas que remetam ao tema para serem trabalhados em sala de aula. Abordar, pelo menos, três vertentes da diversidade (música, culinária, dança etc.).
4. A turma pode se dividir em grupos para confeccionar gibis, jornais e propagandas que tratem da questão da diversidade cultural.
5. Pedir que os alunos reflitam, através de situações cotidianas, a relação destas com os direitos humanos e a diversidade cultural.
6. Com o levantamento feito pelos alunos de situações vividas cotidianamente, encenar a 32ª Conferência Geral da UNESCO, onde estes possam se dividir em grupos de interesse (ex.: racismo, preconceito etc.) e debater as questões levantadas. Assim, eles deverão terminar o congresso definindo qual a situação atual da comunidade em que vivem e quais são os próximos passos. Nesta etapa, eles devem definir quem e como irão executar estes passos.
7. Criar um protocolo sobre Diversidade Cultural para que a escola possa seguir.

Atividades Extras
1. Palestras ministradas pelos próprios alunos nas outras turmas.
2. Exposição da confecção dos gibis, jornais e propagandas na escola.

Cronograma
1. Primeira semana: Atividades 1,2 e 3
2. Segunda semana: Atividades 4 e 5
3. Terceira semana: Atividade 6 e 7


Sites de Apoio

Associação Latino Americana
Ministério da Cultura
32ª Conferência Geral da UNESCO
Curta o Curta
Curta na Escola

Autor do Projeto
Cristiane Amato e Alice Cardia (com adaptações da Equipe do Celeiro de Projetos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário